Divisão recém-criada do grupo sueco, a empresa, detentora de tecnologias consolidadas na indústria mineral, planeja fornecer soluções completas, que abranjam todas as etapas produtivas da mineração

Com o objetivo de prover uma solução integrada para todo o ciclo de vida da mina, a Hexagon Mine apresentou, durante a Exposibram, suas soluções de design, planejamento, pesquisa, segurança e operação para a mina e planta. A empresa, que foi criada este ano, sendo uma subsidiária da sueca Hexagon, possui um amplo portfólio de produtos, que foi conquistado nos últimos anos com a aquisição da brasileira Devex, a americana MineSight e as suíças Leica Mining Geosystems e SafeMine.

“Com a desvalorização dos preços das commoditites minerais e o aumento da escassez de minérios de alta qualidade, as soluções integradas da Hexagon Mining possibilitam uma redução dos custos e aumento da produtividade. Nesse sentido, temos um compromisso com o ciclo de vida da mina, desde a sua abertura até o seu fechamento”, afirma Rogrido Marinho Passos, gerente-geral da Hexagon Mining, que tem experiência de mais de dez anos frente à área de desenvolvimento, implementação e gerenciamento de projetos para a indústria de mineraçãoda Devex.

Marinho ressalta que a empresa já nasce líder de mercado, com um alcance nos cinco continentes e mais de 700 clientes. Segundo ele, o diferencial da companhia será fornecer um pacote completo, com tecnologias de ponta, que se complementam entre si.

“Queremos consolidar a liderança das marcas da empresa no mercado interno e expandir em novos produtos, como as soluções da Leica Mining Geosystems, por exemplo. O inverso também se aplica: já conseguimos implantar tecnologias da Devex, que são desenvolvidas no País, em minas na Tanzânia, México e Chile”, ressalta Marinho.

O executivo afirma que Hexagon Mining seguirá com a sua estratégia de crescimento baseado em aquisições – o objetivo é crescer 25% com a compra de outras empresas. Somado a isso, a companhia irá investir 18% do seu faturamento em P&D (Pesquisa e Desenvolvimento), visando à criação de novas soluções para o setor de mineração. “Este percentual é quase o dobro do que a Hexagon investe em P&D, que é 10%. Além disso, estamos sempre analisando o mercado para possíveis oportunidades de aquisição”, comenta.

Durante a Exposibram, a empresa destacou as soluções SmartMine UG, Leica Fleet Management System (FMS), SafeMine e MineSigth. Esta última refere-se a uma plataforma de software para a modelagem e o planejamento de mina, que fornece soluções integradas para a exploração, o projeto, a programação e a produção.

Também bastante conhecido pelo setor mineral, o SmartMine UG, desenvolvido pela Devex, empresa adquirida em 2013, é voltado, especificamente, para as operações de minas subterrâneas. A tecnologia permite controlar, em tempo real e por meio de desenhos em 3D, todos os ativos e desempenho da mina. O software é utilizado por grandes mineradoras, como AngloGold Ashanti, Yamana Gold e Samarco.

Já o SafeMine agrega os sistemas anticolisão e antifadiga, que funciona por meio de câmeras ultrassensíveis que analisam as expressões (olhos e rosto) dos operadores, com o objetivo de detectar níveis de fadiga, classificados em leve, médio e alto. O diferencial, segundo Marinho, é a análise das expressões e não somente o piscar dos olhos. Além disso, o sistema pode ser conciliado com a tecnologia anticolisão, aumentando os níveis de segurança das atividades de mina. O SafeMine está instalado em cerca de 20.000 veículos, utilizados em mais de 45 minas de superfície a nível mundial.

O Leica Fleet Management System refere-se à um sistema de gerenciamento e controle de frotas. Independentemente do modelo e fabricante do veículo, o sistema permite integrar os três níveis principais de operação da mina: FMS, orientação HP e controle autônomo. O software de análise gera um relatório em tempo real e direciona as ferramentas necessárias para um controle eficaz dos recursos e equipamentos.

Com sede em Tucson, no Arizona (EUA), a Hexagon Mining possui mais de 30 escritórios em cinco continentes e faturamento anual de US$ 140 milhões. No Brasil, o escritório central está localizado em Belo Horizonte, Minas Gerais, e será presidido pelo experiente Hélio Samora. Já a Hexagon, líder mundial no fornecimento de sistemas de metrologia, design e soluções de visualização, foi fundada em 1982. Atualmente, a empresa possui 14.000 funcionários, em 40 países, e faturamento de € 2,4 bilhões. Nos últimos dez anos, a companhia adquiriu 115 empresas em diversos países, como Leica Geosystems, Intergraph, NovAtel e Sisgraph.

Hexagon Mining destacou as soluções Smart-Mine UG, Leica Fleet Management System (FMS), SafeMine e MineSigth (foto)

Fonte: Revista Minérios & Minerales