O país que é o maior consumidor mundial do metal importou pouco mais de 180 mil t em janeiro passado, 41% acima do mesmo período do ano anterior, devido aos pedidos de metalúrgicas que estão retomando produção e compras para recompor as reservas estratégicas nacionais gerenciadas pela State Reserves Bureau. Estima-se que estas compras podem chegar a 300 mil t.


Fonte: Padrão