O Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcário do Estado do Espírito Santo (Sindirochas) encaminhou ao ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio (MDIC), Miguel Jorge, o pedido de desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) das chapas e ladrilhos feitos de mármore e granito, como uma forma de ajudar o setor de rochas a recuperar as perdas crescentes com a queda nas exportações. O pedido já foi encaminhado também ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e está em análise.

“Essa demanda foi levantada pelo setor, considerando que o governo federal vem atuando no sentido de criar alguns facilitadores e desonerar produtos de setores que estão com dificuldades. Encaminhamos também o pedido à bancada federal. Com a queda nas exportações, essa desoneração de 5% fará muita diferença para as empresas”, explicou o superintendente do Sindirochas, Romildo Tavares.


Fonte: Padrão