A consultoria GFMS divulgou relatório que mostra queda de 4% na produção do metal em 2008, debitando metade das 88 t perdidas ao declínio das minas na Indonésia. África do Sul, antes o maior produtor mundial, teve corte de 14% — o maior da sua história, provocado por normas mais rigorosas de segurança para reduzir os acidentes fatais no subsolo, falta de mão-de-obra e interrupções no fornecimento de energia. Austrália também teve redução de 14%, onde há mineradoras em dificuldades por causa da crise de crédito bancário. China, Rússia e Peru, que compõem os seis maioes produtores mundiais, ao lado dos EUA, África do Sul e Austrália, tiveram aumento de produção. GFMS também projeta alta do ouro este ano, enquanto persistir a crise financeira no mercado global.

Fonte: GoldWorld

Maiores produtores de ouro em 2008 (estimativa)

Fonte: GFMS


Fonte: Padrão